28 de mar de 2007

acho que foi o som da noite anterior

Na última sexta a gente (o Gui e eu) estreou a festa Brasa. A banda convidada foi Lulina e os Causadores ( atentem para os nomes dos envolvidos ). Tem muita gente que não gosta da Lulina. O engraçado é que o que me encanta no som dela é justamente o que neguinho vê de pior e dá como motivo para não gostar: a voz frágil, os desafinos, os desencontros, a instabilidade. Ao vivo, parece que a música vai se desintegrar a qualquer momento. E você fica naquela torcida para que aquelas músicas de melodia fofa cheguem até o final, para que se consiga ouvir versos que dizem muito, em muito pouco. E tem todas as brincadeiras, os instrumentos, os arranjos, as meninas felizes na platéia. Ah, o que eu queria dizer é que a Lulins comanda (atentem para o nome dos envolvidos). E que jornalistas musicais deveriam escutar Beat Happening.

Nenhum comentário: