28 de abr de 2008

pegada ácida

Foi muito foda discotecar na Virada Cultural. Discotecar pra um mar de gente dá um nervoso fudido, mas a parada rolou suave e no final teve aplausos e tudo mais. Mas o legal mesmo foi ver a massa curtindo, dançando e aprovando coisa como Holy Fuck e Santogold. Aí me faz pensar como o "bem-informado" público das casas que costumamos frequentar e tocar é bunda mole. Indie só dança o que conhece. Saca só a vibe enquanto eu rolava um Dan Deacon:



O set completo, se o buraco negro permite, foi:

- Gui Boratto - "Beautiful Life"
- Matt & Kim - "Yeah Yeah (Flosstradamus remix)"
- Justice feat. Uffie – “The Party (LA Riots Party Dub)”
- Turbo Trio - "Ela tá na Festa"
- Kid Sister - "Kid Sister - Pro Nails (Bag Raiders remix)"
- Tone Loc / Peaches – “Wild Thing”
- Dan Deacon - "Snake Mistakes"
- The Death Set - "Impossible (Dan Deacon remix)"
- Holy Fuck - "Royal Gregory"
- MIA - "Paper Planes"
- Santogold - “You'll Find A Way (Switch And Sinden Remix)”
- Krystal & Shabba Ranks – “Twice My Age”
- Vampire Weekend – “A-Punk”
- Born Ruffians – “Kurt Vonnegut”
- Does It Offend You Yeah? - "Rockstar"
- Chromeo – “Fancy Footwork (Guns and Bombs remix)”
- Run DMC - "Mary Mary"
- The Incredible Bongo Band - "Apache"

Nenhum comentário: